Cadastro geral de
faixas pretas da
Liga Nacional de Judô

Graduados Novo cadastro Atualizar cadastro

REGIMENTO INTERNO

DA Comissão Nacional de Graus

da Liga Nacional de Judô

 

ART. 1º - OBJETIVO

A Comissão Nacional de Graus, doravante denominada CNG, é um órgão da Liga Nacional de Judô (LNJ),  com funções autônomas, responsável pelo programa de promoções de graduações a partir de roku-dan (6º grau de faixa preta), em todo o território brasileiro, no âmbito do Sistema Nacional de Ligas.

§1º - Caberá a CNG credenciar as Ligas Estaduais para aprovação da sua Comissão Estadual de Graus da seguinte forma:

A – Todas as ligas Estaduais terão direito de fazer exames para sho-dan

B – A partir do exame de ni-dan a LNJ irá conceder a permissão de acordo com a graduação da Comissão Estadual de Graus. Neste caso a  liga estadual deverá ter três componentes sho-dan para realizar o Exame de Nidan. Neste caso é vetada vetada promoções a san-dan e graus superiores até Godan.

C – Para exame de san-dan a liga estadual deverá ter três componentes ni-dan, sendo vetada promoções a yon-dan e Go Dan.

E assim sucessivamente até a graduação máxima realizada para go-dan pelas Ligas Estaduais.

§2º - A Liga Estadual poderá obter o credenciamento para estes exames  com a apresentação dos certificados da sua comissão de graus a LNJ.

§3º - Somente a Liga Nacional de Judô poderá autorizar membros de outras ligas estaduais a promoverem exames de faixas em outra Liga Estadual.

 §3º- A Liga Nacional de Judô poderá vetar o registro da faixa quando os procedimentos dos exames não seguirem as regras determinadas nesse artigo.

 

ART. 2º - DA COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE GRAUS

A CNG será composta por um membro  titular indicado por  cada Estado com graduação mínima de roku-dan, indicados pelas Ligas Estaduais de acordo com as exigencias Estatutarias e demais regulamentos.

§1º - Cada estado será representado por somente um de seus membros em cada reunião da Comissão Nacional de Graus;

§2º - A presença e o custeio dos membros Estaduais indicados para a composição da CNG nas reuniões é da responsabilidade de cada Liga Estadual.

§3º - Presidirá a Comissão Nacional de Graus o Kodansha que atenda as normas estatutárias e sua gestão será coincidente com a gestão do presidente eleito no período.

ART. 3º - ENCONTROS

As reuniões da CNG serão realizadas anualmente e serão coincidentes com o Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô com quorum mínimo de 5 estados em primeira chamada e três estados em segunda chamada.

§1º - Na ausência do presidente da Comissão de Nacional de Graus, presidirá a reunião o membro  mais graduado. Tendo vários membros na mesma graduação será escolhido  o mais idoso, que poderá, entretanto, abrir mão da Presidência em nome de outrem, com a anuência, neste caso, dos demais membros presentes.

§2º - O Secretário da entidade para o ano corrente será escolhido entre os membros presentes na reunião.

ART. 4º - AVALIAÇÕES

Os candidatos serão avaliados através de seus currículos apresentados no site Cadastro Geral de Faixas Pretas da Liga Nacional de Judô  nos termos do Código de Promoções da LNJ.

As avaliações serão virtuais através do programa SYSMACH , Cadastro Geral de Faixas Pretas.

ART. 5º - VOTAÇÕES

Cada estado representado terá direito a um voto de igual valor atraves do programa no site, respeitando as normas estatutarias.

§1º - Em caso de empate na votação o presidente da CNG  terá direito ao desempate para definir a situação do candidato.

ART. 6º - ATA DA REUNIÃO

Todas as manifestações e avaliações serão registradas em uma  ata anual, assinada pelo secretario  escolhido entre os membros oficiais da CNG e  publicada anualmente no site da LNJ.

§1º - O certificado do candidato somente poderá ser emitido  após a decisão da CNG.

ART. 7º - DISPOSIÇÕES FINAIS

Os casos omissos ou dúvidas serão regulados pela CNG da LNJ, depois de ouvida se necessário, a Presidência da LNJ, tendo sempre em consideração a letra e o espírito deste código.

O presente regimento foi aprovado pela CNG e entra em vigor no dia de sua publicação no site oficial da LNJ.

   

Comissão Nacional de Graus da LNJ